Seguindo o blog

Postagem em destaque

PERFUME DE MULHER - Soneto

Tu que tens os aromas e as cores Da beleza que invade meu querer Adornada em paisagens de amores Adentrando o oasis do meu ser....

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

VEM - POEMA



Vem!
Vem viver comigo
Os dias não vividos,
Sonhos esquecidos,
Momentos perdidos,
Que a vida desfez.
Vem cantar canções
De amor ao luar,
Viver para amar
Sem medo de errar,
E tentar outra vez.
Vem!
Sentir a intensidade
De um breve instante,
Dos sonhos errantes
Momentos marcantes
Que a vida nos traz
Retomar ao sonho 
Que ficou distante
Ser amada e amante
E mais confiante
Amar mais e mais.
Vem!
Vem sentir o toque
Da mão que tateia
E o sangue que corre
Em mim, fervilhar.
Vem falar baixinho,
Pertinho do ouvido,
Me chamar de amor,
Amado, querido
E eu absorto
A te contemplar.
Vem!
Pois quando o frio
Da noite chegar,
Eu vou te ninar.
Tu farás de mim
O seu aconchego
Para que me tenhas
Com gosto, sem medo,
Pois te serei terno
Com amor eterno
Todo pra te dar.

José Bento

5 comentários:

  1. AMEI ESSE POEMA...RETRATA UM POUCO DA VIDA EM UM TODO !! PARABENS BENTO, DEUS O ABENÇOE RICAMENTE!!

    ResponderExcluir
  2. Seja bem-vindo! Parabéns pelo seu blog também! Ótimo sábado! Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá meu amigo José!
    A cada dia que passa me adentro no seu blog e sinto toda sua energia.É muito bom te ler.
    Somos aquilo que nos resta,a vida faz valera apena sempre.
    Grande abraço
    se cuida

    ResponderExcluir
  4. Ôi! Passando pra convidar! Tem post novo e presente muito especial! Vem! Cada coração amigo conquistado, é mais uma luzinha a iluminar a nossa estrada! Uma 6ªF radiante e abençoada! Abraço fraterno e afetuoso! Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/

    ResponderExcluir