Seguindo o blog

Postagem em destaque

PERFUME DE MULHER - Soneto

Tu que tens os aromas e as cores Da beleza que invade meu querer Adornada em paisagens de amores Adentrando o oasis do meu ser....

quarta-feira, 9 de maio de 2012

REALIDADE E FANTASIA - Reflexão



As pessoas costumam fazer analogias sobre
quem vive a realidade e quem vive de fantasias.
Esquecem-se porém, que a realidade na qual vivem,
pode ser apenas a sua realidade e não a dos outros.
De fato, existem diferentes realidades, assim como
diferentes frantasias. Portanto, não importa qual
seja o seu mundo. A sua realidade é aquela que te
faz bem, que te faz feliz, não importa se é real
para os outros ou não. Aos olhos dos outros, não
importa o quanto bons tentemos ser, ou o quanto
perfeitos queiramos ser. Nós sempre iremos deixar
a desejar para uns ou para outros. Quando nos
importamos em demasia com o que os outros pensam de
nós, neste ponto deixamos de viver a nossa realidade
para viver a dos outros e, o que é ainda pior, não
estaremos vivenciando as "realidades" e sim as
fantasias deles, pois é muito comum se criticar nos
outros, aquilo que não consguem vivenciar em suas
próprias vidas. Em outras palavras, é uma forma de
não admitir sua propria imcapacidade, pois com suas
óticas difusas, nos criticam as falhas, como se nós
tivéssemos obrigação de sermos perfeitos, ou como se
eles próprios não estivessem sujeitos a cometer os
mesmos erros. Mais triste ainda é constatar que tudo
não passa de pura hipocrisia, pois sabemos todos que
ninguém é perfeito. É incrível como tudo parece fácil
de resolver, quando é nos outros, mas quando o problema
é conosco, as coisas se complicam. Num instante, aparecem
mil desculpas e justificativas, para náo fazermos isso ou
aquilo, ou agirmos dessa ou daquela maneira. Diante de
tudo isso, muitas vezes, esquecemos do que realmente
importa que é sermos mais honestos conosco mesmos. Assim,
não devemos querer que os outros sejam como alegorias,
servindo apenas para embelezar a nossa visão, mas
devemos aceitá-los como são, dentro das limitações e
com os atributos, virtudes e defeitos que compete a
cada um. Esta analogia portanto, deve servir para
todos e não apenas para mim ou para voce, pois se
todos pensassem dessa maneira, as coisas, com certeza
seriam bem melhores; e as pessoas se entenderiam com
mais facilidade. Após entender essas coisas, vamos
dar um "viva a vida", e agradecer a Deus por estarmos
nela, o que nos dá a chance e o tempo necessário de
consertar erros, de fazermos ajustes em nós mesmos e,
 quem  sabe,  possamos  ainda  nos  tornar 
um  pouco  mais  humanos.

José Bento

Um comentário:

  1. Hum hum...Acredito meu amigo que a vida paradoxalmente te proporcionou um caminho com pedras e flores. Estas foram generosas e suficientes para para te aparelhar com sabedoria maravilhosa.....namastÊ

    ResponderExcluir